Página inicial | Favoritos | Contacto | Twitter (não ligo lá muito a isto!)| Facebook (não ligo pevas a isto!)| Myspace (surpresa, surpresa! Também não ligo pevas a isto!)

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Nem sempre querer é poder!

Chego a casa. São 23:10. Distante do mundo que me rodeia, ligo o rádio para ouvir as notícias. Sinto-me cansado. Procuro algo doce, algo que me dê energia. Vou à despensa e vejo chocolates (branco, preto, normal e de arroz), tortas (morango e chocolate), bolachas (normais, chocolate, recheio de baunilha e as integrais) e doce de morango. Nada me seduz. Vou ao frigorífico nessa missão incessante de saciar o desejo, equivalente (ou mesmo superior) à líbido. Lá, encontro baba de camelo, mousse de chocolate, serradura e, na parte de cima, gelados (morango, frutos silvestres e caramelo) e semi-frio. Ouço nas notícias que hoje, 14 de Novembro, é Dia Mundial da Diabetes. Lembro-me da minha avó materna e do que sofreu e ainda sofre, embora menos, no dia-a-dia. Cedo à tentação e opto pelas bolachas integrais. Faço-o por solidariedade. Ah, o quão solidário eu sou! Hoje não! Amanhã! Prometo comer doces amanhã! E tudo de rajada! E será escusado, diabéticos (e não só), que se dêem ao trabalho de rogar pragas, porque tenho óptimos intestinos. Ah, o quão guloso e judeu eu sou!

5 comentários:

Pascoalita disse...

Pleo contrário, acabas de demonstrar que "querer é poder", sim!
E se pusesses essa vontade toda ao serviço duma tarefa que eu cá sei e tu de certeza adivinhas?

MissEsfinge disse...

Umk bom texto, mas era capaz de apostar que não resististe por muito tempo. Depois de teres escrito isto, atacaste o geladito. Ora confessa lá ahahahah

Mexicano Portuga disse...

Pode ser um gesto solidário bonito, mas a meu ver um sacrifício desnecessário e inútil.

Eu, guloso como sou, teria devorado tudo, à excepção exactamente das bolachas integrais ahahahah

cusquinha endiabrada disse...

Olha, olha ...

A melhor forma de tornar a tua avozinha feliz, é comeres o que te dá prazer duma forma regrada e mantendo-te saudável.

Não é justo! Tanta coisa e eu com a despensa vazia. Posso saber onde moras? Vá lá ... partilha comigo ao menos um pouquito de geladinho :)*

Adrianna disse...

What? Mas desde quando o mero apetite de um mísere alimento, por melhor que seja, pode superar o incomparável desejo da líbido?

Tens a certeza que não estavas com febre quando fizeste tal afirmação? ou seria efeito da fraqueza?