Página inicial | Favoritos | Contacto | Twitter (não ligo lá muito a isto!)| Facebook (não ligo pevas a isto!)| Myspace (surpresa, surpresa! Também não ligo pevas a isto!)

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Balanço de 2009

Como tudo na vida, há coisas boas e coisas más. Neste ano de 2009 foram mais as más do que as boas. Comecemos pelas más, de modo a acabar em beleza.

-Coisas más

*o pedido que fiz, no dia 25 de Outubro de 2007, para um novo programa do Ponto de Encontro não foi aceite (sobre isto falarei futuramente);
*o atum, afinal, não desceu de preço, nem o Benfica mudou de equipamento;
*o nascimento do meu filho (sobre isto também falarei futuramente);
*por último, a pior de todas: o Mika ainda é vivo.

-Coisas boas

*Ofereceram-me uma Bimby. Foi só isto. A ver se me oferecem um Vaporetto Titano para o ano.

Tudo de bom no próximo ano. Entrem com o pé direito. Se não tiverem um, lamento, mas a vossa sorte, nem que se vistam de azul dos pés, perdão, pé à cabeça, não irá mudar. Temos feather!

"Vermelhou a paixão". Ou não! - uma previsão para o próximo ano

Poucos dias antes do fim do ano, para este acabar em beleza, fala-se de uma guerra institucional e pessoal entre o Sr. do Bolo e o Rezingão. É verdade, sim senhora! Confirmo isso. Tudo por causa do estatuto dos Açores. Por uns gajos com um sotaque esquisito (gostaria de escrever este post com sotaque, mas não consigo. Poderia cair no ridículo. Bem, no ridículo caio sempre, mas que seja com dignidade!). Que anedota de país! Fala-se até na possibilidade de, em caso de mais uma contenda, haver a dissolução da Assembleia e serem convocadas novas eleições. É também verdade, sim senhora! Basta o Sócrates aparecer, uma vez mais, com a sua gravata vermelha e temos o caldo entornado. E acho muito bem!

Votações - resultados

No final do ano passado, fiz uma votação (a primeira deste espaço!) que decorreu até final de Março deste ano. Por preguiça, revelo agora, nove meses depois, o seu resultado.

À pergunta "Que votos para o próximo ano?", responderam 29 tóinos. Em quarto e último lugar, com 2 votos apenas (6%), ficou a opção "Passar a ter menos sexo com animais e mais com o género oposto (lá terá de ser!)". Por mim falo, mas consegui reduzir drasticamente tal ímpeto. Não foi fácil, mas consegui. Excepto quando estão psitacídeos em causa. Em terceiro, com 4 votos (13%), "Que o Benfica mude de equipamento rosa claro para rosa choque". Em segundo, com 8 votos (27%), "Paz mundial (Meu Deus, pareço uma candidata a Miss Universo!)". Finalmente, em primeiro lugar (oiçam as trombetas e os rufos), com uma maioria invejável à do Eng.º José Sócrates nas próximas legislativas, 15 pessoas (51%) escolheram "Que o preço do atum em lata baixe". Infelizmente, estas três últimas opções não se concretizaram. Não se preocupem. Um dia destes, verão que o Benfica mudará para rosa choque. Haja fé!

Futuramente, uma nova votação.

domingo, 28 de dezembro de 2008

Futurologia musical

Soube ontem, em conversa de amigos (na verdade, foi com umas velhas, no cabeleireiro da Agostinha, enquanto arranjava as unhas), que Zé Manuel, vocalista dos Fingertips, foi apanhado aos beijos numa discoteca... com um rapaz. Não vejo nada de mal, para ser sincero. O que me atormenta é, depois do tremendo airplay de Kate Perry neste Verão, haver uma nova música que se chamará, por sua vez, "I Kissed a Boy" e terá também muito sucesso. E eu a pensar que seria interpretada por um maricas qualquer, tipo o Pascoal. Sabe o Pascoal cantar? Não. Mas dizem que beijar homens é do melhor. Eu não acho.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Senhora castanha

Hoje, Portugal inteiro, à excepção dos diabéticos, está parado com uma valente diarreia. Eu avisei, não avisei? Bem feita!

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

"P´ró Natal, de presente, eu quero que seja...

...a Minha Agenda! A Minha Agenda!" (lalalalala) Agora que recordei esta bela chanson e consegui pôr o leitor, mesmo o mais insensível, a cantarolar e chorar baba e ranho, vamos ao que interessa. Sou generoso, sim, mas também gosto de receber. Sou parvo, não? O leitor escusa de responder.
Há quem queira pastilhas Gorila nesta época, outros são mais exigentes e querem a Super Gorila; eu quero Peta Zetas. Na, estou a gozar consigo, caro leitor. Quero a colecção do centenário de Manoel de Oliveira. Quanto custa? Lá estão vocês com perguntas estúpidas! Pensei que já se tinham deixado disso. Isso importa para me ver feliz?! Sim! - intromete-se a minha mãe. Cala-te, velha! Sai daqui! Estou, por acaso, a pedir-te alguma coisa? Estou? Estava eu a dizer o quê? Ah, é uma coisinha barata, tendo em conta o número de discos (binte e dois. Sim, ouviram bem! Eu disse binte e dois!), ou seja, cinco e dois sete, noves fora, nada... isso mesmo por cada disco. Baratucho! Se não quiserem, não faz mal, que das duas uma: ou o homem está prestes a quinar dentro de um ou dois anos e saem entretanto mais alguns filmes, saindo depois a caixa com a sua filmografia; ou esperar pelo seu bicentésimo aniversário. Eu não me importo de esperar. Vá lá, eu queuo tanto! Se não, pode ser a Miss Rússia, que é a nova Miss Mundo. Se esta estiver muito ocupada a salvar o mundo, patatipatata, que se lixe, pode ser a Miss Freixo de Espada à Cinta! Também fico contente! Ainda têm tempo. Faltam 7 horas, 40 minutos e 14 segundos.
Obrigado e cuidado com os doces.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Prendinhas de Natal

Hooooo, hoooo, hoooo! Venha uma ho aqui para a mesa do canto mas é. Este trocadilho foi hilariante ao ponto de estar a rir-me à porco. Adiante... É Natal! Para quem não notou nas milhentas luzes de, lá está, Natal e as canções, como é, ah, natalícias, estamos no Natal! Palavra de lobito. Época de felicidade e paz. E de generosidade. Eu também sou generoso e é por isso que escrevo esta mensagem. Vou aqui dizer as minhas prendas de Natal e algumas sugestões. Elas são:

*A Clara Ferreira Alves, irei oferecer um livro de boas maneiras. Irei também oferecer-lhe, bem como a cada um dos restantes membros do Eixo do Mal, à excepção do apresentador, Nuno Artur Silva, uma quinta com 60 hectares para armazenarem lá os seus egos. Volta, Júdice! Volta!

*um par de estalos a quem diz sófá. (A minha segunda prenda e a minha primeira sugestão de Natal.)

*aos autores de alguns programas de comédia, vou oferecer o livro Comédia para Totós.

*por último, se virem um anão, façam como eu: dêem-lhe um Danoninho. (A minha quarta e última prenda, sugestão é a segunda. Se o anão disser sófá, fiquem pelo par de estalos!)

Sou tão generoso que até faz aflição!

sábado, 20 de dezembro de 2008

Mensagem em cadeia

Amanhã circulará uma mensagem de Natal que inventei para telemóvel. Se chegarem a recebê-la via terceiros, é sinal que há muita gente com tempo e dinheiro a mais. Mas enviem-na a mais pessoas, porque os meus pais acabaram de comprar acções de uma operadora e estas têm que upa upa! Ei-la:

"A minha mulher morreu!A minha amante também!Estou aqui sozinho,ao frio,c/ o Pai Natal e as putas das renas.E sp a enfardar enlatados,pq o dinheiro n da p/ +.Por isso,envia a + pessoas esta msg d Feliz Natal e rebeubeu pardais ao ninho,pq e nesta altura q ganho 1 pco +.Ass: Fazedor d SMS d Natal"

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Ninguém pára o Benfica! Ninguém pára o Benfica!

Ou então até param! Já estou mesmo a ver... O Metalist, com miaúfa de sofrer uma pesada derrota, só para lixar o Benfica, não vai comparecer ao jogo de logo à noite. 5-0 e o Benfica arredado das competições europeias! Certinho e direitinho! Sempre a lixarem o Benfas! Sempre! Acreditem em mim, que sei do que falo!

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

"Hey, little girl, is your daddy home?"

Morreram hoje, na Amadora, duas pessoas (pai e filha) devido a um incêndio. "O drama! O horror! A tragédia!" Por isso mesmo, vou lançar a seguinte adivinha: o que cantavam as vítimas no decorrer de tal episódio?

"I´m on fire", lá está, de Bruce Springsteen. E, ao que parece, cantaram com sentimento.

domingo, 7 de dezembro de 2008

Post lúcido

O Benfica acaba de ganhar, no Estádio dos Barreiros, ao Marítimo. 0-6! Toma! Após este resultado, a passagem à próxima fase da Taça UEFA está no papo. Quem dá seis ao Marítimo, também dá, na boinha, oito à equipa ucraniana do Metalist. Ou quinge! No papinho! (Isto se os gregos e os alemães não empatarem. Ai deles!)

sábado, 6 de dezembro de 2008

É a cultura, estúpido!

Manoel de Oliveira, prestes a fazer cem anos, está a filmar Singularidades de uma Rapariga Loira, inspirado no conto homónimo de Eça de Queirós. Tendo eu uma ligação privilegiada com o cineasta portuense, posso dizer, em primeiríssima mão, que retratará o país entre 2002 e 2004 e a protagonista será Manuela Ferreira Leite.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Postada para irritar ligeiramente um comuna

Acompanhei, com muita atenção, o XVIII Congresso do Partido Comunista Português enquanto fazia a depilação das narinas. Ora diziam "O PCP isto... o PCP aquilo", ora "O Governo isto... o Governo aquilo". Nada de novo, portantos. Jerónimo foi reeleito, Álvaro Cunhal recordado. Ah, grande Álvaro Cunhal! Dificilmente haverá na política alguém como ele, com aquelas sobrancelhas! Ah, aquelas sobrancelhas... E o Comité Central foi reduzido. Pergunta: é ou não irónico, sendo o PCP um partido crítico do governo e da sua política de empregabilidade, dispensar dezasseis membros, passando de cento e setenta e quatro para cento e cinquenta e oito? Ui, ainda assim, é muito tacho em tempos de crise!



P.S. O Lénine gostava de usar cinto de ligas. Vermelho, lá está!

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Vi-me grego esta noite!

Hoje acordei mal-disposto. Tudo por causa de um pesadelo! Raramente - mesmo muito raramente - consigo lembrar-me do que sonhei, mas hoje sonhei que o Benfica, nove anos e dois dias depois do jogo em Vigo, tinha tido mais um péssimo desempenho, desta vez face ao Olympiakos, para as competições europeias, perdendo por 5-1. Que disparate! Como se tal fosse possível!? Ah, os meus sonhos estão cada vez mais bizarros!

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Dúvida constante

Vi, há instantes, na RTP1, Especial Informação, em que Vítor Constâncio, o governador do Banco de Portugal, foi o entrevistado de Judite de Sousa. Segunda dúvida do dia: o homem é incompetente ou está lá por já ter sido secretário-geral do PS?

Obrigado.

Quilos e quilos de prazer!

Ontem, ao ver a rubrica "TUmba! Momentos de Relativa Boa Disposição" do Zé Carlos, que falou do saudoso programa Muita Lôco, recordei o símbolo sexual da minha juventude e do quão feliz eu fui. E ontem à noite, antes de dormir e enquanto dormia, bem como hoje de manhã, quando acordei, também fui muito feliz (qual tusa do mijo, qual quê!?). Já perceberam que eu, tal como muitos de vós, idolatrava José Figueiras. Na, é mentira, o meu pai é que gosta(va) de tirolês e homens de saia! Eu gostava, claramente, da Paulina. E eis-me a perguntar: quem mais teve fantasias com ela? Agora já não tenho, pois já não tem tanta chicha (era tão boua! boua! boua! Agora, coitada, é o que é!), mas digam de vossa justiça. Ah, Paulina, Paulina...

sábado, 22 de novembro de 2008

Pqp!

"A morte é uma puta." ("Death is just another whore.") (Ernest Hemingway)

E das caras, ó Ernesto! E das caras!

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Mau jornalismo!

Acabo de folhear a revista Ler do mês de Novembro, que tem como figura central Miguel Esteves Cardoso. É um MEC mais rechonchudo, mais calmo, mas, ainda assim, inquietante. Entre muitas coisas, diz "o meu mal é ter uma curiosidade de puta" (avó, não fui eu quem disse, foi ele, atenção!) e gostar de Agustina (não de José Saramago nem de António Lobo Antunes, sendo este, e passo a citar, "torrencial", mas respeita-os por viverem em função da escrita). É uma boa entrevista, mas incompleta, a meu ver. Faltou o entrevistador, Carlos Vaz Marques, fazer A pergunta. Ela é: ainda fazes aquela coisa esquisita com a língua, tal como um sapo faz para apanhar uma mosca, pá?

domingo, 16 de novembro de 2008

Lucy não sabe nadá!

Black Company no Programa da Lucy! Respect! (Ou "Peace!". Confundo-os sempre.)

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

O mundo vai acabar!

Cansado, chego a casa. Nada soube do que se passou no mundo nas últimas vinte e quatro horas. Ligo a televisão e sintonizo na SIC Notícias. A minha alma está parva! É uma da manhã e a Assembleia está aberta. Motivo? Caso BPN, em que Constâncio está a explicar a supervisão ao banco. É o fim do mundo, meus senhores e minhas senhoras! É o fim do mundo!

sábado, 8 de novembro de 2008

Rebéu-béu, pardais ao ninho

Acabo de saber que Milú morreu na quarta-feira, dia 5 de Novembro. Pobre Tintin! Deve estar desolado! Ah, esperem! Dizem-me agora que se trata de uma artista portuguesa. Bem sei que é importante um nome artístico, mas quem é que se lembra de ter um idêntico ao de um canídeo? Impressionante o que fazem para vingar no showbiz!

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Cair em saco roto

O advogado de Fátima Felgueiras, Artur Marques, disse hoje, após o julgamento do caso “saco azul”, que a sentença do Tribunal local “limpa completamente a imagem de corrupta que quiseram colar à autarca”. Pois, limpezas há muitas lá por Felgueiras. Tumba! Duas “piadas” políticas num só dia! E isto num dia em que Pedro Santana Lopes diz estar disponível para ser candidato do PSD à Câmara Municipal de Lisboa. Portugau, eu tji amo, po! ¡Verdad!

Heil, filha!

Soube que Manuel Monteiro se demitiu do Partido Nova Democracia para poder dedicar-se à corrida parlamentar por Braga. Soube então da existência de mais um partido no panorama político português. E soube, por último, que o antigo líder e fundador do PND pondera extinguir o partido. Peço para que não o faça. Aliás, pedimos todos! Não após o que aconteceu anteontem, quando um deputado seu madeirense, José Manuel Coelho, apareceu no Parlamento Regional com uma bandeira nazi. Isso levou, por parte da Assembleia da Madeira, ao levantamento da imunidade política do deputado e à sua suspensão, o que é ilegal. Já que não tenho o contacto do meu caro MM, enchamos, portanto, a caixa de correio do Sr. do Bolo (belem@presidencia.pt) para intervir. Já! Relembro que o madeirense já havia feito acto semelhante, mas com um relógio de cozinha (bem giro, por sinal, que daria jeito cá em casa). Precisamos de palha... deputados como este. Espero que acções destas virem moda no continente. Por que não começar com um espanador? Ou um bidé. (Sempre quis escrever um post a conter esta palavra! Custou, mas foi.) Fica aqui mais um apelo.

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Muuuuuuuuuu!

Os tempos são de crise ("vacas magras", como se costuma dizer) e eu não fujo à regra. Isto reflecte-se neste espaço. Como sabem, este é o único espaço que se pode orgulhar de, por cada visita, oferecer douradinhos do Capitão Iglo. Infelizmente, tal não será possível doravante. Terei de fazer contenção de custos. Nem para oferecer uma carcacinha eu tenho dinheiro. Melhores tempos virão, assim esperamos. Há-de vir o dia em que este espaço poderá voltar a dar uma refeição de luxo, com douradinhos do Capitão Iglo e um arroz doce da Avó Filó. Ah, e uma Gorila por causa do bafo.

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Ontem fiz chichi na cama!

Agora que tenho a vossa atenção, venho fazer um apelo importante. Caros leitores, como sabeis, amanhã é dia de eleições nos EUA e venho aqui pedir-vos para se deslocarem às urnas. Bem sei que é ilegal fazer propaganda política um dia antes do acto eleitoral, mas que se lixe. Os tempos são de mudança! Vejamos as diferenças entre os dois candidatos.

- Barack Obama

cool. É o que a malta jovem chama "boa onda";

*Acusado de ser politicamente inexperiente. Contudo, não creio que o seja e, caso fosse, até veria isso como algo positivo;

*Deve conhecer todos os rappers e deve conseguir orientar gajas boas aqui à malta.

- John McCain

*Sempre que o vejo, lembro-me d´Os Marretas. E isso é bom, porque eu gostava muito deles;

*Tem uma coisa que eu gosto: Sarah Palin. Gosto por duas razões. A primeira é por ser mulher. Tem aquele ar executivo e faz-me apelar a um lado maroto. Ela com aquele ar de executiva ou mesmo de professora e eu, indefeso, a ter que obedecer às suas ordens de teor sexual. A segunda é: consegue ser tão ou mais bronca que George W. Bush. Pensávamos todos ser impensável, mas esta senhora consegue dizer com cada uma. E isso é bom. A nível humorístico, é muito bom.

*Sejamos sinceros: McCain é velhote. Tem setenta e dois e há quem diga que, no caso de ganhar, possa não vir a cumprir o seu primeiro mandato. Se tal acontecer, assume o cargo presidencial a vice-presidente. Se é bom ou mau, com essa é que me lixam. Para presidente dos EUA, prefiro, sem dúvida, Alexandra Lencastre (esta é que é mesmo boua! boua! boua!).

*Há uma coisa que odeio em McCain e é com base nisto que considero o outro candidato melhor: não é cool. Tem alguma simpatia junto do povo americano, sim, por ser um herói de guerra, mas candidato que é candidato tem de saber "dar cá mais cinco" (o tal high five) e nisso John McCain falha.

Logo, portugueses e portuguesas, amanhã, não votem em branco. Votemos todos em Obama. Por um mundo melhor!

sábado, 1 de novembro de 2008

Adivinha desportiva

Sim, mais uma aqui do ich! O que é que acontece quando um dos três grandes defronta o Paços de Ferreira?

Fica com bicho-carpinteiro. (tan-tarantan-tan-tan)

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

E eu nunca me canso de...

... contar o tempo que falta para o início do IV Salão Erótico de Lisboa (5h48m53s. Perdão, 52, 51, 50). Ui, quatrocentos shows e mais de cem estrelas porno! "Diversão, sexo e erotismo", assim o dizem. Há coisa melhor?!?! EU VOU! Ah, e depois venho(-me)! "Tché, lá está este gajo a javardar logo de manhã!" Xiu!


P.S. 5, 4, 3...

terça-feira, 28 de outubro de 2008

sábado, 25 de outubro de 2008

Aviso importante: mudança de hora!

Para os interessados, fica aqui o aviso de que muda logo à noite, de madrugada, a hora. Assim, quando for 1h, passam a ser 15h.

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Adivinhas camonianas e populares

Não sei porquê - talvez tempo livre a mais -, mas ultimamente tem-me dado para fabricar adivinhas. E logo às tantas da noite, que é quando o sucralfato começa a bater (é a loucura! Ui! E sim, já estou a arranjar desculpa pela não-piada, mas se, após tantas mensagens, nunca consegui ter piada, mais mensagem, menos mensagem, que se lixe. O que é que fazem? Vão-me prender, não? Pois, se calhar, depois disto, até vão.). Eis algumas adivinhas sobre a actualidade:

P: Qual a expressão mais vezes dita lá na PJ?
R: Leonor, é porrada de meia-noite.

P: Qual a canção preferida da PJ?
R: "Quem quer quentes e boas, quentinhas?"

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Mãozinhas literário

Atenção à pior escumalha que por aí anda: ladrões de obras literárias.

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

"Eu sem ti, quem era eu sem ti?"

Qual é, para vós, o domingo perfeito? Passear? Estar com a famelga? Ir ao cinema com a namorada? Simplesmente estar com a namorada? Ou fazer um concurso de puns com a namorada (ou com a família, fica à vossa escolha)? Para mim, ver o concerto de Tony Carreira no Pavilhão Atlântico é a resposta certa. E bem posso agradecer à RTP, uma vez mais. Não sei se se lembram mas, há tempos, perguntei se o cabelo de Tony Carreira era verdadeiro. Três dias depois, recebi a seguinte resposta:

Caro RS,

Venho por este meio informá-lo de que o cabelo de Tony Carreira não é verdadeiro. O meu é que é!

Sem mais assunto,

Professor Herrero

O autor d´Um Cagalhão na Tola acrescentou ainda, no post scriptum, essas belas e sábias palavras que são "He he he".

Peço desculpa por só agora saciar a vossa curiosidade, mas esqueci-me. Resta, portanto, saber onde o cantor arranjou aquilo, de que material é feito e quanto custa, para que muitos possam, tal como ele, ter montes de babes atrás de si. Professor Herrero, se souber a resposta (ou o próprio Tony), diga aqui, que eu divulgo para os interessados.

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Algo (s)inusitado

Aaaaaaaa... Não! Aaaaaaaaaaaaaaaaa... Também não! Falso alarme! Aaaaaaaaaaaaaaaaatchiiiiiiim! Nunca pensei vir a dizer isto, mas... Volta, Scolari! Estás perdoado! Empate a zero com a Albânia?! Em casa?! Que vergonha! Se ainda fosse a duas bolas...

Zé Manel (é favor o leitor roncar duas vezes)

Quem me conhece sabe que tenho o "terrível hábito" de chegar atrasado. É o que dizem. Discordo! Acho charmoso, para ser sincero. Só é mau um atraso quando é com uma mulher, dizendo ela a pior frase da língua portuguesa, a que nenhum homem deseja ouvir, "Estou atrasada! Temos que falar!". Já estou a divagar, peço desculpa. Para não haver muitas chatices, costumo apanhar um táxi e sempre dá para minimizar o atraso, não tendo que ouvir tanto da(s) outra(s) pessoa(s) (se for uma mulher, tanto faz ser um minuto como duas horas, que oiço na mesma, o que, mal por mal, sempre poupo umas coroas no transporte). Roland Barthes, numa edição especial de Fragments d’un discours amoureux (para os interessados, o título em português é Fragmentos de um discurso amoroso), a qual só eu tenho, a páginas tantas, escreveu "Taxi? Jamais, pá!". Também eu vou deixar de andar de táxi. Porquê? Gosto de taxistas, é verdade (o que me divirto com estes personagens!), mas hoje, ao ter contacto com a revista de imprensa, li, nesse jornal de referência que é o Correio da Manhã, que um cliente foi baleado por um, após uma ligeira discussão do preço praticado, por ser diferente do habitual. E se há coisa humilhante na vida, ela é ser baleado por um fogareiro. Não contam mais com o meu dinheiro. Nem para falar do Benfas. Agora, com licença, que vou mas é ali tentar saber o contacto do Son Goku, para ver se ele consegue desenrascar-me deste "problema" e me ensina a cena do teletransporte. Fiquem!

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

É impressão minha ou...

...o programa Zé Carlos, ontem à noite, foi muito fraquiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii (pausa de três segundos, que isto cansa. 1, 2 e...) inho? Querem ver que estão a tentar rivalizar, pela negativa, com os programas que referi no dia da sua estreia, 5 de Outubro (hesitei se deveria ter usado itálico nesse texto, mas acho que foi o mais acertado, caso o leitor não percebesse as minhas brilhantes alusões e pensasse que só escrevo porcaria. Ok, costumo escrever, mas...). Que desilusão, meus senhores! Não me sentia assim desde que o meu pai ficou com o meu vestido fucsia da Gucci.

sábado, 11 de outubro de 2008

Estado de espírito

"Hoje vi um crepúsculo vermelho e amarelo e pensei: «Como sou insignificante!» É claro que também pensei isso ontem e choveu."

ALLEN, Woody. Prosa Completa. Trad. Jorge Leitão Ramos e Salvato Teles de Meneses. Lisboa. Gradiva. 2004. p.13.

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

"I have a dream"

À falta de assunto, de que falará este espaço? Hipertricose auricular? Não! Falará da vítima do costume: Pedro Santana Lopes. E, pelos vistos, o semanário Expresso seguiu, no sábado passado, a mesma linha de orientação. Diz-se que PSL, apesar de arguido no caso de atribuição de casas da Câmara Municipal de Lisboa (- Já falaste com o teu banco? - Não, falei com o Santana.), poderá ser candidato à mesma, já nas próximas autárquicas, em 2009. Qual a minha opinião sobre isto? Tal como Martin Luther King, também eu tenho um sonho. Tenho o sonho de, um dia, ver uma Câmara Municipal governada por Pedro Santana Lopes e Luís Filipe Menezes.

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Vrum, vrum... Um conselho etaordinário.

Para quem tenciona tirar a carta de condução, deixo aqui o seguinte precioso conselho: para evitarem qualquer acidente nas aulas de condução, pensem sempre no grupo separatista basco ETA (embraiagem, travão e acelerador). Foi a mnemónica que me ajudou e pode ser que vos ajude também. Se bem que atropelar uma velha octogenária...

domingo, 5 de outubro de 2008

Miau!

Atenção! Não foi um miau qualquer! Foi um miau másculo! "Para que serve esta mensagem?" Lá está o leitor a fazer perguntas difíceis.
Manuela Ferreira Leite pouco ou nada fala, o Jerónimo dá-me(nos?) sono e o Paulinho das Feiras, coitado, já não tem a piada que teve outrora. "E o Louçã?! E o Louçã?!" Quem?! Regressa hoje, FINALMENTE (é da excitação! Ou então foi por a minha mãe, assim do nada, ter-me beliscado!), o quarteto mais engraçado de Portugal. Falo, como já devem ter percebido, de mim e dos meus três amigos imaginários. "Lá está este com a mania que tem piada!" É hoje o regresso dos Gato Fedorento, na SIC, com a série Zé Carlos e, com ela, a verdadeira oposição ao governo. Melhor do que os seus contemporâneos, os quatro elementos farão o país rir e os membros do governo chorar, a chamarem pelas suas mãezinhas, tal como eu faço quando acordo de um pesadelo em que miúdos de cinco anos me perseguem e chamam nomes (são muitos e mais fortes do que eu). Vai tudo abaixo por causa dos Gato! Nada salvará o governo da sátira felina! Nem uma cheia, nem um fogo posto, nem mesmo um terçolho do RAP! Nada!

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

E ainda falam dos políticos!

(Trim... trim...)

Recepcionista: Consultório ****, boa tarde.
Eu: Boa tarde. Gostaria de marcar uma consulta para a Dra. ****. Quando há vaga?
Recepcionista: É a primeira vez?
Eu: Sim, é.
Recepcionista: Dia 16, 17h.
Eu: Não consegue arranjar mais cedo? Tenho alguma urgência.
Recepcionista: Hmmm, deixe cá ver... Consigo arranjar-lhe dia 9, 16h.
Eu: A Dra. dá consultas noutro sítio?
Recepcionista: Não.
Eu: Deixe estar, então. Vou tentar ver se arranjo consulta noutro sítio.
Recepcionista: Tem algum acordo?
Eu: Não.
Recepcionista: É particular, portanto.
Eu: Sim. Já agora, quanto é?
Recepcionista: 80€. O que diz ser hoje, 18:30? Melhor do que isto não deve arranjar em mais nenhum sítio!
Eu: Vou falar com a minha mãe, já lhe telefono.
Recepcionista: Está bem. Ligue a partir das 13:30, porque o consultório costuma estar fechado a esta hora.
Eu: Obrigado.

(40 min. depois)

Recepcionista: Consultório ****, boa tarde.
Eu: Boa tarde. Há instantes, falei consigo sobre a marcação de uma consulta para a Dra. ****, hoje às 18:30.
Recepcionista: Não foi comigo, foi com a minha colega. Hoje?!?! Para hoje não deve ter sido, porque a Dra. ainda não chegou e tem a agenda cheia, tendo alguns exames para fazer.
Eu: A sua colega disse-me que havia hoje a essa hora. Não tenho razões para mentir.
Recepcionista: Diga-me, é particular?
Eu: Sim.
Recepcionista: Então diga-me lá o seu nome e o seu contacto.
Eu: Vasco Henriques, 963453032. (É claro que dei o meu contacto verdadeiro, mas desafio, desde já, o leitor a telefonar para este número, seja ele de quem for, e dizer que foi da minha parte.)
Recepcionista: Já está, senhor Vasco Henriques. (Ena, alguém que me chama senhor!)
Eu: Obrigado e até logo.

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

"Mmm bop(e), ba duba dop, ba du bop(e), ba duba dop"

Acabo de saber que, com o aumento de criminalidade em Portugal, o recurso ao Grupo de Operações Especiais também tem aumentado. O caso mais visível, como todos nos lembramos, foi o sequestro, há quase dois meses, na agência do BES de Campolide, em Lisboa, tendo um dos dois meliantes sido morto a tiro. Desde então que tenho a seguinte dúvida - creio que muitos também! - e que importa colocar aqui: haverá atiradores estrábicos?


P.S. O que diz um gajo do norte sobre o assaltante que foi morto no banco? Olha, aquele morreu de BES.

domingo, 28 de setembro de 2008

Dicas da semana

São duas. E boas!

1) Noivos deste país, se estão prestes a dar o nó e querem umas férias de sonho, num sítio romântico como Veneza, esqueçam. Sei de uma maneira de pouparem muito dinheiro e não terem o problema da língua. Algarve.

2) Muitos pais preocupam-se, como é natural, com o futuro profissional dos seus filhos. Sei de uma profissão que vai ter, nos próximos anos, muita saída. Oftalmologia - sim, oftalmologia! - é o futuro. Não agradeçam a mim, agradeçam ao Magalhães.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

100% português... not!

Começou hoje a distribuição do portátil Magalhães para alunos do ensino primário. Este é, aliás, um assunto que muitas pessoas querem, desde há muito tempo, saber a minha opinião. O que penso, portanto, desta iniciativa? Acho bê. Vem a substituir aquilo a que muitos da minha geração considerava a nossa bíblia. Falo da revista Gina, é claro. Era algo de consumo diário e religioso. Bons velhos tempos! A Gina, a Gina...
Pequenada, um conselho: www.playboy.com. Comecem por aqui, que é uma coisinha leve. Se quiserem, mais tarde, algo mais puxadote, sabem onde podem apanhar-me e não hesitem entrar em contacto.

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

"Vai, tartaruguinha, vai!"

Dúvida paraolímpica: quantos membros há no Comité Paraolímpico?

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Hmmm, tem pai que é cego!

Está tudo histérico, ainda, porque Madonna veio, ontem à noite, a Portugal. Foram muitas as entrevistas que vimos, na comunicação social, aos fãs. Pais deste país, se o vosso filho gosta muito da cantora norte-americana, lamento informá-los que dificilmente terão netos, pois ele é, vá, fanchono como o Pascoal. Mais sobra!

domingo, 14 de setembro de 2008

(.) (.)

"Qual o ingrediente indispensável para fazer sopa? A resposta é: sopa." Ah, as coisas que eu aprendo no Programa da Lucy! Eu, a pequenada e muitos pais. E avôs. Porquê acordar cedo e ver a SIC nas manhãs de sábado e domingo? Por duas - muito boas mesmo! - razões. Recomendo!

terça-feira, 9 de setembro de 2008

"O que faz falta é animar a malta!"

Malta 0 - 4 Portugal. Portugal estreou-se com uma vitória na fase de qualificação para o Mundial 2010. Mas não vou falar de futebol, esteja descansado. Tenho uma dúvida. O prato típico de Portugal é o cozido à portuguesa, mas qual o de Malta? O que comerão os malteses? Maltesers?

domingo, 7 de setembro de 2008

(T)Che, pah!

Ahhhhh! Olha! É um leopardo a voar! E um dragão a comer um bitoque! Ahhhhhhhhhhhhhhh! Ó Rasta, roda aí! Estou a sentir-me uma beca tonto, man! Ahhhhh, o dragão está a comer sopa de feijão verde agora! Não sorvas, oh porco! Ena pah, agora apareceu um gambozino que quer comer um bocado da sopa e começam à bulha! Ena pah, que o gambozino é tramado p´ra porrada! Ganda cabeçada! Está o caldo entornado! Rasta, roda aí outra vez! Ena pah, que isto é muita bom, pah! Para o ano, estou cá novamente no Seixal! pah!

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Tecla 3

Depois dos Jogos Olímpicos, os Paraolímpicos, claro! Começam já amanhã. Bora lá, pessoal, siga dar uma mãozinha aos nossos atletas, que alguns bem precisam!

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Balanço olímpico

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!! Angélico!!! Ah, espera! não é para falar sobre isto! (estou a apontar para a televisão, onde está a dar Morangomania!) Como sabem, os JO (estou muito preguiçoso para escrever Jogos Olímpicos) acabaram ontem e estou aqui para fazer um balanço.

1) Doze anos depois, mais uma medalha de ouro, ganha também por alguém com pilosidade facial.

2) Os jamaicanos estão muito velozes. Viu-se nas medalhas ganhas nos 100 e 200m. Pergunto: é da droga ou será por pensarem que estão a ser perseguidos pela polícia?

3) "De manhã só estou bem é na caminha!" Esta declaração do atleta Marco Fortes, após o falhanço da qualificação para a final do lançamento de peso, fez com que muita gente fosse aos arames. Não compreendo! A sério que não compreendo! Primeiro, porque é verdade! De manhã só se está bem é na caminha! Quem disser o contrário, não sabe o que perde! Segundo, só revela a falta de sentido de humor de alguns portugueses.

E é isto! "Piadas" racistas, misóginas (isso, vá ver ao dicionário o que significa!) e de pura calanzice. É este o meu balanço (e espírito) olímpico.

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Conselho veraniano

Para muitos, este dia é o começo de umas merecidas férias. Há, infelizmente, quem, por diversas razões, não possa desfrutar do mesmo. Tanto para uma situação como para outra, pergunto: querem ficar com um ganda bronze? Eu tenho a solução! Esqueçam o sol! Isso faz mal, pá! Cancro da pele é chato! Droga. Sugiro que se droguem! É capaz de ser um bocadinho mais caro, sim, mas o bronzeado não sai, pelo contrário, perdura e até vai aumentando. Não têm nada que agradecer, ora essa! Sabem que podem contar sempre comigo!

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Dúvida olímpica

12:20. RTP2. Jogos Olímpicos. Natação. Tenho uma dúvida: se um(a) nadador(a) urinar, é desclassificado(a)?

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Nova campanha publicitária

- Já assaltaste o teu banco?
- Não, assaltei o teu!

domingo, 20 de julho de 2008

Momento tertuliano

Acabo de saber que a actriz Margarida Vila-Nova (boua! boua! boua!) casou, há três semanas, com o realizador Ivo Ferreira. A todos as mulheres deste país e arredores, tenho uma comunicação importante a fazer: vou passar a fumar haxe!

segunda-feira, 14 de julho de 2008

"Pim Pam Pum, cada bala mata um!"

Está na ordem do dia o conflito entre as comunidades cigana e africana no Bairro da Quinta da Fonte, em Loures. Os ciganos recusam continuar a viver nesse espaço, visto serem alvo de ameaças de morte, vivendo, assim, em constante medo. É natural! Scolari já não está em Portugal e não há quem os acuda!

sexta-feira, 11 de julho de 2008

Alive... and still awake!

Xiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiuuuuuuuuuuuuuuuu! Quem quer ganhar 1000€? Ninguém, presumo. E um patinho? O que têm de fazer é muito simples: colocar uma bombinha (estou a ser ternurento) no Passeio Marítimo de Algés ou alguém cortar alguns cabozinhos (continuo ternurentozinho). É simples, vêem? Mas quem pensam eles que são?!?! Há pessoas que querem dormir para trabalharem amanhã! Pronto, não é o meu caso. Nem o do meu pai. Também não é o da minha mãe, porque ela morreu. Pronto, ela não morreu. Foi uma saída infeliz, reconheço. O que estou a tentar dizer é: vá lá, façam-me esse favor. É que se eles ainda tivessem trazido os Mamonas Assassinas... Ah, isso é que seria um grande feito, agora Rages, Hives, Bob Dylans, etc... Ai não fazem o que vos peço?!?! Não?! Hão-de pagar, hão! Quando menos esperarem, traque! (não, não é uma omonatopeia com cheiro!) um concerto na vossa rua! Quem ri por último...

quarta-feira, 9 de julho de 2008

"Indo eu, indo eu..."

Houve um acidente ontem, na A41, entre dois autocarros com cerca de cem crianças. É lamentável que isto aconteça, devo dizer. Segundo as autoridades, tratou-se de um acidente infantil. (Perceberam?! Foi gira, não foi?! Aaaaaiiiiii... Perdoem-me, isto anda fraco de ideias.)


P.S. Não houve feridos, excepto um dos condutores. Toma! É p´ra aprenderes!

segunda-feira, 23 de junho de 2008

"É Verão! É Verão!"

"(parapamparampampam) É Verão! É Verão! (parapamparampampam) É Verão! É Verão!" Ah, estão aí! Peço desculpa, entusiasmei-me! Começou oficialmente o Verão anteontem e a pergunta que coloco, tal como muitos homens, é: por que é que um cai-cai nunca cai?

sexta-feira, 20 de junho de 2008

Hallo! Wie geht´s?

- Hallo! Wie geht´s?
- Hallo! Wie geht´s?
- Hallo! Wie geht´s?

Pronto, já chega, tendo em conta que é uma "piada" privada. Vamos ao que interessa: Portugal perdeu 3-2 contra a Alemanha e, tal como havia sido anunciado,
Scolari dá de frosques. Venho dar a minha sugestão para o cargo de seleccionador nacional, de modo a dar continuidade ao trabalho feito. Sugiro um só nome: Jaime Pacheco. Porquê? Porque ambos têm muita coisa em comum. Ora vejamos: têm dificuldade no português, são treinadores conservadores, tacticamente maus, teimosos e ambos gostam muito do Ricardo (o único guarda-redes que faz uma coisa incrível: fala, de vez em quando, em falsete!). Mas Jaime Pacheco não tem bigode, oh palerma! - dir-me-ão. É verdade! Jaime Pacheco não tem bigode, mas tem uma coisa que conta muito nos dias de hoje: recebe muito menos carcanhol que Scolari. Fica aqui a dica, sr. Madaíl. Pense nisso! E um décimo do que poupar, pode enviar para o je, porque aqui o je precisa de um ar condicionado, que o calor é muito.

terça-feira, 17 de junho de 2008

"Até a barraca abana" - parte II

Recebi várias mensagens de pessoas a tentarem saber a intensidade do sismo de anteontem à noite. Engraçadinhos... O respeitinho ainda é uma coisa bonita! Estão a falar dos meus pais e eu não admito faltas de respeito. Ouviram?!?! Não falarei, como é de calcular, da vida deles! Nem ouso pensar! O que posso dizer é que a minha mãe é uma pessoa de bem e muito católica. Como é que sei isto? Porque pude ouvi-la, nessa noite, dizer várias vezes "Ai, meu Deus! Aiiiiiiii, meu Deus!".

domingo, 15 de junho de 2008

"Até a barraca abana!"

A minha mãe, armada em fina, foi de férias para Palma de Maiorca e regressa hoje, uma semana depois. Um mês após o sismo na China, hoje à noite haverá outro, mas em Portugal, tendo o epicentro em Lisboa. Quem vos avisa...

terça-feira, 10 de junho de 2008

Patriotismo

Hoje é 10 de Junho, dia de Portugal, do Zarolho e das Comunidades. Eis a minha maneira de comemorar este belo dia (de praia):

I

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heróico o brado retumbante,
E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.

Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó Liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
A imagem do Cruzeiro resplandece.

Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza

Terra adorada,
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!

II

Deitado eternamente em berço esplêndido,
Ao som do mar e à luz do céu profundo,
Fulguras, ó Brasil, florão da América,
Iluminado ao sol do Novo Mundo!

Do que a terra mais garrida
Teus risonhos, lindos campos têm mais flores;
"Nossos bosques têm mais vida",
"Nossa vida" no teu seio "mais amores".

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado,
E diga o verde-louro desta flâmula
- Paz no futuro e glória no passado.

Mas, se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte.

Terra adorada
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!

Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!



P.S. Os espanhóis são mesmo sacanas! Sempre a lixar os portugas! Eu a querer cantar o hino espanhol e os sacanas não têm letra. Quer dizer, até têm, mas está envolto em polémica. Dizem as más línguas que é piroso. Bah, é porque ainda não conhecem o Amar Sonar Bangla, o hino do Bangladesh. Patifes!

segunda-feira, 9 de junho de 2008

Pffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffff

Começo esta semana com um desafio ao leitor. Trata-se de um desafio que requer a máxima concentração, mas é deveras interessante, garanto-vos. Aqui vai: no próximo domingo, das 21h às 21h30m, no programa As Escolhas de Marcelo, quero que contem quantos gafanhotos deita o professor. Eu aposto que são vinte. (Vinte mil, claro!) E vocês?

domingo, 1 de junho de 2008

Politiquices – parte IV (a última!)

Os militantes do PPD/PSD foram a votos ontem e ganhou o homem mais forte dos quatro candidatos: Manuela Ferreira Leite. (É isto, a “piada” é apenas esta!)

Apelos

Venho fazer dois apelos. O primeiro é referente a uma série. Venho pedir para entupirem a caixa de correio electrónico da RTP com o pedido do lançamento em DVD dessa grande série que dá pelo nome de Os Andrades. Aquilo era tão mau que acabava por ser bom. Ah, grandes tempos! O segundo é referente a um artista da nossa praça. Chama-se Ricardo Araújo Pereira, é, quanto a mim, o melhor humorista e palerma (acho que ele concorda somente quanto a esta qualidade) e estará, segundo um amigo meu, a dar autógrafos na Feira do Livro durante o dia de hoje, 1 de Junho. Ele sugeriu que fôssemos lá fazer um moche. Eu concordo, mas acho que dois não chega. Para o melhor em algo, nada como um bom moche, digno do seu estatuto. Venho, então, pedir que mais pessoal se junte a esta causa, de preferência muitas raparigas. Pretendo ser o último a saltar e não quero, como é óbvio, “encaixar-me” no meu amigo. (Só pensar e dizer isto deixa-me perturbado, quanto mais fazê-lo!) Obrigado.

domingo, 25 de maio de 2008

Portugal: 12 points!

Bah, como se isso fosse possível! Pronto, até é, mas geralmente é só da nossa vizinha Espanha. Adiante... Todos os anos, chega esta altura e questiono: como é possível não ganharmos o Eurofestival da Canção?
Este ano, por acaso, tenho a resposta. Sugiro algumas coisas para triunfarmos: alguém que cante em português (aquilo é português?!?! E, vá lá, não enviaram um açoreano! Bem, por outro lado, por se assemelhar ao francês, a possibilidade de internacionalização seria maior); não enviem um cachalote (mandem a Merche ou a Sónia Araújo. “Mas elas cantam, ó RS? Acho que não cantam!” Isso importa?! “Lá estás tu... Só porque és um deus grego, com esse corpo escultural, superior a Adónis, achas bem gozar com os mais fracos?” Fortes, faço o reparo ao leitor.); ou enviem, a avaliar pelo ar piroso/amaricado do festival (este ano, não sei porquê, conseguiu ser menos), alguém como o Alex (aquele, o Mister). Vão por mim.





P.S. Eu sabia que éramos melhores do que os espanhóis em algo. Toma! Toma, toma, toma, toma!

P.S.1 Só vi porque a minha mamã queria companhia. Ah, e porque a gaja da Ucrânia...

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Um caso de polícia

Estou chocado! Após tanto tempo, a polícia ainda não encontrou o corpo de Deus! Como é possível?!?! Segundo me foi dito, junto de uma fonte próxima da bófia, esta é uma das prioridades – talvez A prioridade – do mandato do novo director nacional da Polícia Judiciária, Almeida Rodrigues. Esperemos que sim! Os católicos exigem – e com razão – um funeral digno. E barato, que isto anda mal de massas!

terça-feira, 20 de maio de 2008

Haja saúde!

Muito se falou do estado de saúde de José Sócrates na semana passada. A caminho da Venezuela, o primeiro-ministro fumou no avião e, um dia depois, anunciou que deixaria de fumar. (“Porreiro, pá!” A ver se meto o meu pai num avião e toma a mesma decisão!) Depois, no sábado, a caminho de uma reunião em Braga, onde estaria com militantes do seu partido, o PM parou num hospital, com sintomas de gripe, chegando atrasado duas horas ao seu destino. O que se segue? Hemorroidal? Se assim for, um conselho que tem passado de geração em geração, Sr. Ministro: pegue numa batata (é rica em amido), corte um palito, besunte-o com azeite e – sim, é o que está a pensar! – meta-o no rabo. Vai ver que melhora! (Não que tenha experimentado, atenção, não vá o leitor pensar que tenho problemas desses e que cometo actos picolhos! Porém, deixo este conselho para o seu bem, Sr. Ministro. Tem um fim medicinal.) Não tem que agradecer. Sempre às ordens!

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Politiquices - parte III

(pigarreio durante três segundos)

Portuguesas e portugueses, falhei! Falhei aquilo a que me tinha proposto! No dia 24 de Abril, fiz um apelo para que Alberto João Jardim se candidatasse à liderança do PSD. Não consegui! Alberto João Jardim, ontem, disse que não era candidato. Tenho pena! Acredito que seria a melhor solução para o PPD/PSD. O presidente da Região Autónoma da Madeira faria deste partido um partido mais credível, mais jovem, mais entusiasta, mais bo... Melhor! Um partido melhor! Seria a alternativa ao governo do engenheiro José Sócrates. Não consegui! A minha família está deveras chateada comigo! O país também! Portugal continuará neste cinzentismo! Falhei! Por ter falhado, estou de castigo! A minha mãe pôs-me de castigo! Tenho de, a partir de agora, passar a comer os legumes. Odeio bróculos! A minha mãe sabe que abomino bróculos.
Portuguesas e portugueses, dou-vos um conselho: para não ficarem de castigo, não peçam nada a Alberto João Jardim.
Um bem-haja! Obrigado.

sábado, 3 de maio de 2008

Um ano depois...

P: Qual a semelhança entre um porquinho-da-índia e a Maddie?
R: Ambos têm um tempo médio de vida de quatro anos e acabam eventualmente enterrados no quintal.

P: Qual a diferença entre os McCann e o Michael Jackson?
R: O Michael volta de fim-de-semana com mais miúdos do que os que levou.

P: Por que é que nunca se deve confiar numa companhia portuguesa de rent-a-car?
R: Os malvados disseram aos McCann que tudo o que as crianças pudessem entornar nos bancos sairia facilmente.

P: Por que é que o Papa não podia ajudar os McCann em busca da Maddie?
R: Ele adoraria, mas os clérigos católicos só estão habituados a caçar rapazinhos.

P: Qual a diferença entre a Maddie e um bronzeado?
R: O bronzeado não desaparece até ao fim-de-semana acabar.

P: Qual a diferença dos McCann para os outros pais?
R: Os pais normais enterram os filhos na areia da praia para brincar e depois desenterram-nos.

E, por último, a minha preferida:

P: Qual a diferença entre a Maddie e o Elvis?
R: O Elvis está vivo.

quinta-feira, 1 de maio de 2008

"CGTP, unidade sindical!"

Saberão os chinocas que dia é hoje?!?!

sexta-feira, 25 de abril de 2008

Liberdade

"25 de Abril, sempre!" Sempre! Não há nada melhor do que ter 365 dias de feriados.

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Politiquices - parte II

Santana Lopes acaba de se candidatar à liderança do PSD. Não tem vergonha, o homem. E ainda bem, pois o país vai ficar mais engraçado. Falou-se de Alberto João Jardim, mas este decide apoiar Santana. É pena! Preferiria, sem dúvida, o madeirense. É por isso que vou fazer o seguinte apelo: ó Jardim, vá lá, candidata-te lá. Duvido que aceite, porque não disse com sotaque. Sou mau a fazer sotaques, mas mantém-se, tal como um rapaz que pede uma rapariga em namoro, a esperança de ouvir o sim.

terça-feira, 22 de abril de 2008

Politiquices

Fala-se da crise do PSD. Para mim, crises só mesmo as da meia-idade. Ou as do Benfica. As do Benfica são graves. Muito graves! Lá estou eu a divagar. Por que é que estou a divagar?! Não sei, mas gosto. Quando divago, a minha mente vai a sítios esquisitos. Divagar é bom, especialmente nos exames. O pior exame deve ser a colonoscopia. Nunca fiz, nem quero fazer. Uma laringoscopia também não deve ser nada agradável. Agora não estou a divagar, estou a ser parvo. Bem, eu sou parvo muitas vezes. Isto está a ficar uma confusão. Está a ficar uma confusão pior do que no PSD. Menezes demite-se e vai haver eleições. Até ao momento há quatro candidatos: Pedro Passos Coelho, Patinha Antão (Que raio de nome é este?!?!), Manuela Ferreira Leite (Fujam! Fujam! Ela vem aí! Ou então metam as mãos nos bolsos! Mesmo que ela não vá ao vosso encontro, metam na mesma. Bilhar de bolso, ah, bilhar de bolso!) e Neto da Silva. Já foram cinco, mas Aguiar Branco foi, como se diz em linguagem política, uma menina. É impressão minha ou, a avaliar pela corrida de candidatos a líder do PSD nos últimos dias e os boatos que correm na comunicação social de mais aspirantes a líder, este partido vai ter mais candidatos nas directas do que pontos percentuais ou deputados nas próximas legislativas?

quarta-feira, 16 de abril de 2008

A coisa está preta!

No Zimbabué. 7. Numa escala de 1 a 10, esta piada merece um 7. Pronto, talvez não mereça.
Todos estão, julgo, a par do que se passa no país africano. Muita gente acusa Robert Mugabe de ser um ditador e não aceitar a derrota eleitoral. O que se passa naquele país, segundo um grande politólogo (eu), deve-se somente a uma coisa: não ter havido votos em branco. 10. Pronto, 9.5.

terça-feira, 8 de abril de 2008

Acordos

Discutiu-se ontem, dia 7 de Abril, na Assembleia da República, o novo acordo ortográfico. Como sempre, há vozes concordantes e discordantes. Há cerca de um mês, Cavaco Silva, aquando da sua viagem ao Brasil a propósito do bicentenário da chegada da corte a terras canarinhas, achou importante o avanço do acordo de 1990. O que muda na língua?

*Em Portugal o c e o p serão eliminados das palavras em que não são pronunciados, como acção, objecto, adopção;
*Pêlo (substantivo), pára (verbo parar) e pôr (colocar) perdem o acento, não se distinguindo de pelo, para e por;
*O hífen deixa de ser usando, excepto quando o prefixo termina em r, como hiper-, inter- e super-. Passa a escrever-se antirreligioso, infrassom, extraescolar, aeroespacial e autoestrada;
*Sobre o h há versões contraditórias. Os responsáveis brasileiros dizem que desaparecerá de palavras como húmido — passando a escrever-se úmido —, mas os especialistas D´Silvas Filho (da Sociedade da Língua Portuguesa) e Malaca Casteleiro afirmam que o texto do Acordo diz o contrário e que, portanto, hospital, húmido e hélice continuarão a grafar-se da mesma maneira.

(retirado daqui)

Sobre isto, eis o que tenho a dizer: Oi?

sábado, 5 de abril de 2008

Tempo de antena

Venho por este meio comunicar ao leitor que não tenho actualizado este espaço por estar de luto da morte do JC e por estar a consolar a viúva, Maria Madalena. (Pronto, lá vou eu levar com um processo em cima! Ah, espera! sou demasiado insignificante, é verdade! Lá estava eu com a mania das grandezas!)

sexta-feira, 21 de março de 2008

E assim vai o ensino!



Acabo de ver o vídeo que tem sido tão falado da agressão de uma aluna a uma professora. O episódio decorreu na Escola Secundária Carolina Michaelis, no Porto, após a docente de francês ter retirado o telemóvel à aluna, numa turma do 9º ano. “Dá-me o telemóvel!” – diz a aluna, e “A velha vai cair!”, diz um aluno. Palavras sábias. No entanto, acho uma vergonha! Vergonhoso! Isto não se faz! “Donnez le mobile!” e “La ancien va a tomber!”, assim é que está correcto.

segunda-feira, 17 de março de 2008

Que grande Tony!

Tony Carreira comemorou vinte anos de carreira na sexta-feira e sábado. E nada melhor do que presentear os seus fãs com dois concertos no Pavilhão Atlântico. Lotação esgotada. (Eu só não fui por esse motivo, nada a ver com aulas da dança do ventre nesses dias. Nada!) Desde puto que conheço o seu trabalho, mas só uma coisa importa: o cabelo do Tony Carreira é verdadeiro?

domingo, 16 de março de 2008

É féchane! (ou algo do género)

No dia 9 de Março acabou a Moda Lisboa, ontem, dia 15, o Portugal Fashion. Ambos os certames, à semelhança de anos anteriores, foram um sucesso. Pudera, com tanta zente zira, outra coisa não era de esperar! (Suziro que o leitor passe a falar assim. Motivos? Usa-se muito lá fora e faz muito sucesso com o sexo oposto.) No entanto, todos os anos, após acompanhar tais eventos na televisão, na fase dos agradecimentos, tenho sempre a mesma dúvida: haverá algum estilista heterossexual?

sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Dia perfeito

Se há um dia perfeito para o suicídio, é o de hoje. Porquê? Porque é dia 29 de Fevereiro. Se estão preocupados com os vossos familiares, todo o sofrimento que eles poderão ter, não se preocupem, porque só daqui a quatro anos se lembrarão desse trágico (?) acto. Ah, para não falar do dinheiro que pouparão em flores e transportes! Força aí, malta!

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Herrar é umano, mas...

Para quando um telejornal da RTP sem falhas técnicas?

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Pombinhos

Amanhã é Dia dos Namorados. Eu, um ser romântico e generoso, sugiro ao meu leitor que diga à sua cara-metade a mais bela das frases românticas: “O meu amor por ti é como diarreia: não consigo conter!” Escusam de agradecer.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Barreira linguística

A uma hora de entrar no comboio para Sintra, venho fazer uma pergunta que deveria ter feito na quarta: como se diz “Olá! O que pensam sobre os conflitos no Médio Oriente? Concordam com a visão de Nuno Rogeiro?” em crioulo?
Se eles não responderem, fico triste, mesmo que me roubem; se responderem e não me roubarem, fico triste na mesma. Enfim, sou um gajo difícil de satisfazer, sempre a procurar a perfeição.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Favoritos

Endereços úteis de pessoas que me pedincharam para estar aqui:

A) Comédia

Bruno Nogueira|Fernando Alvim|Gato Fedorento|Os Incorrigíveis|João Quadros|Nuno Markl|Pedro Tochas

B) Amigos (estes, curiosamente, pedincharam menos)

Cócegas nos pés|Desbloguiado|Foda-se|Mãos de Veludo|Play it Again, Sam

O expresso da meia-noite

Vou a um concerto na sexta. Em Sintra. “Qual? Qual?” Pesquisem! Como não conduzo, vou de transportes públicos. “Quais? Quais?” Calma, eu já respondo. Comboio. E o que é que eu fiz hoje? “O quê? O quê?” Algo que fui adiando... adiando... adiando... Cortei o cabelo. Curto. Muito curto! E ainda me queixo que a minha vida é entediante. Algo me diz que tudo vai mudar brevemente. Muito brevemente!

terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Ai o Carnaval, o Carnaval...

Fala-se do acesso à Internet para os idosos, assim como telemóveis, universidades, exercício físico (Viagras e afins), etc., com o fim de modernizá-los, mas há uma coisa em que estes falham: brincadeiras de Carnaval. Bem vejo pela minha vizinha do 6ºB, que tem setenta e dois anos. Hoje, ia ela a entrar no prédio e tumba! balão de água nas fuças! Queixou-se que tinha vindo do cabeleireiro. “E eu com isso, ó velha?! Queria que lhe atirasse farinha, não?! Isso não magoa! E não é moderno!” Modernizem-se, pá!

domingo, 3 de fevereiro de 2008

Homenagem ao cinema português




























Mais uma promessa cumprida

Acabo de ver o primeiro episódio da quarta temporada de Perdidos. Brutal! E agora um momento de spoiling, o que deixará o leitor piurço, com vontade de me apedrejar: o episódio tem 42 minutos e 50 segundos.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Estou que nem um PERDIDO!

(histeria) Ehhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh! É daqui a pouco! É daqui a pouco! (fim de histeria) Peço desculpa pelo trocadilho, mas a ânsia por Perdidos (LOST) é muita.
Não sei se será a melhor série de todos os tempos, pois não são muitas as que vi desde o início, mas esta é excepção e o final da terceira temporada, digam o que disserem, é um dos que mais impacto teve em mim (olhem eu com os sentimentos à flor da pele e todo geek, como acontece com muitos que gostam de sci-fi (termo todo xpto que designa ficção científica (e olhem eu a abrir um parêntesis dentro de um parêntesis que está dentro de outro parêntesis))). Assim que vir a série, como sou fiel ao leitor, serei um spoiler.


N.T. Spoiler é um gajo embirrante que, por não ter nada para fazer, gosta de irritar as pessoas. De que forma? Contando pormenores de séries/filmes/livros relevantes a quem ainda não viu/leu. (sorriso maléfico) E eu vou ser um deles! (fim de sorriso maléfico. É mentira! Não consigo pará-lo!)

P.S. Ainda sobre séries, tenho curiosidade noutra: A Letra L (The L World). Série a sac... comprar. A comprar!

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Primeira mensagem do ano

Começo o ano com um desafio ao leitor. Ouvi, não no sábado passado mas no anterior - sim, sou preguiçoso, bem sei -, a notícia de um homem equatoriano, Alcides Moreno, ter caído do quadragésimo sétimo andar (170 metros) de um prédio nova iorquino enquanto lavava janelas e ter sobrevivido. Sugiro que façam o mesmo. Pronto, vou ser bondoso convosco, não é preciso estarem a lavar janelas nem gastar dinheiro na viagem para fazerem tal façanha no mesmo local que o senhor, contento-me com um simples sexto andar. Depois digam-me como correu.