Página inicial | Favoritos | Contacto | Twitter (não ligo lá muito a isto!)| Facebook (não ligo pevas a isto!)| Myspace (surpresa, surpresa! Também não ligo pevas a isto!)

segunda-feira, 31 de maio de 2010

"Dance! You know what I mean!"

O chachachá e a salsa são as únicas danças que deveriam ser executadas em programas de televisão. Não que eu seja um apreciador de dança, mas já de pernas e cus...

"São caracóis, são caracolitos"

Alguém tem uma receita especial para fazer caracóis? É que comi ontem uns que a minha mãe fez e estavam uma bela merda! Se não tiverem, lá terei eu de pagar um curso culinário à velha, ó caraças! Obrigado.

domingo, 30 de maio de 2010

"I was looking for some action, but all I found was cigarettes and alcohol"

Não fumo nem nunca fumei. Mas o meu pai fuma. Bastante. Apesar de ter reduzido muito de há uns anos para cá, continua a fumar bastante. E hoje, Dia Mundial Sem Tabaco, o que fiz eu ao meu pai? Escondeste o maço de cigarros! Não. Isso é muito óbvio. Óbvio e infantil. Pus estalinhos em cada cigarro do maço que estava aberto. Certamente não esquecerá o dia de hoje. E é isso mesmo que se pretende neste dia de consciencialização. Façam o mesmo!





P.S. Se levarem porrada, não me responsabilizo.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Surpresa tardia

Ontem à noite, ao contrário do que é habitual, jantei tarde (deveriam ser 22:15 ou pouco mais). E também contrariamente ao habitual, enquanto o fazia, via televisão. Mudo de canais para ver o que está a dar e deparo-me com a transmissão de um concerto na SIC Radical. Fico aí. Por se tratar de música e por causa do tipo de som e da voz. Como não conhecia o cartaz do Rock in Rio Lisboa, só mais tarde, quando vi a Rita Redshoes, por ter lido no dia anterior que iria ter uma participação especial no festival, é que soube que eram os Snow Patrol. Como é possível não ter tido conhecimento desta banda?! Não sou uma pessoa de ouvir rádio, o que não ajuda. Não ouvi todas as músicas, pois não vi do início e porque tive de sair por instantes após o jantar, regressando para assistir ainda a duas ou três músicas. Gostei muito do pouco que ouvi. Irei ouvir futuramente os seus álbuns e, se gostar (será difícil não gostar!) e se eles vierem cá em nome próprio, lá estarei. Tenho pena de não ter tido essa oportunidade mais cedo. E esta música ficou-me na cabeça. Chama-se "Run" e é do álbum Final Straw. Quem lá esteve presenciou um momento mágico. Bom fim-de-semana!



I'll sing it one last time for you
Then we really have to go
You've been the only thing that's right
In all I've done

And I can barely look at you
But every single time I do
I know we'll make it anywhere
Away from here

Light up, light up
As if you have a choice
Even if you cannot hear my voice
I'll be right beside you, dear

Louder, louder
And we'll run for our lives
I can hardly speak, I understand
Why you can't raise your voice to say

To think I might not see those eyes
Makes it so hard not to cry
And as we say our long goodbye
I nearly do

Light up, light up
As if you have a choice
Even if you cannot hear my voice
I'll be right beside you, dear

Louder, louder
And we'll run for our lives
I can hardly speak, I understand
Why you can't raise your voice to say

Slower, slower
We don't have time for that
All I want is to find an easier way
To get out of our little heads

Have heart, my dear
We're bound to be afraid
Even if it's just for a few days
Making up for all this mess

Light up, light up
As if you have a choice
Even if you cannot hear my voice
I'll be right beside you, dear

"I've nailed my hands to the ground"

Aos vinte e oito anos, três meses e vinte e seis dias de existência, posso dizer que sou finalmente um homem! Aderi ao clube da unhaca.

"God shave the King" II

Eh lá! Hoje fiz a barba e também não me cortei! Pelo sim pelo não, para não abusar da sorte, não depilo hoje as minhas partes baixas. Continua o Pascoal responsável por tal tarefa. (No caso de pensarem que é uma paneleirice pegada, devo dizer que não é. Ele pega no bacamarte e nas jóias da coroa, sim, mas usa luvas. Ou seja, não há cá contacto directo.)

"I´ve been waiting, fading" II

E eu que pensava que não havia nada pior do que figurantes e escuteiros... Quão enganado eu estava! Afinal há! São os funcionários públicos! Bem, pior do que isto tudo só mesmo alguém ser funcionário público, ir assistir a programas de televisão após a hora de expediente e vestir-se à puto e cantar canções estúpidas ao fim-de-semana! Era enfiá-los num armazém a ouvir Zé Cabra até à exaustão. Não sugiro Tony Carreira nem Toy (nem mesmo o meu adorado Mika e os ABBA), pois alguns gostariam e eu falharia a minha tarefa de dizimar este cancro da nossa sociedade.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Homenagem

Há pouco, olhei para um livro e quis reler Homenagem ao Papagaio Verde, conto de Jorge de Sena. Não o abri. Tentei ganhar coragem, mas não fui capaz. Há três anos, no dia 26 de Maio de 2007, aquele menino era eu. E ainda sou. E sempre serei. Desculpa.

terça-feira, 25 de maio de 2010

"Neighbours, everybody needs good neighbours"

A ver se daqui a pouco, ainda hoje, 25 de Maio, Dia do Vizinho, vou ali fazer companhia à minha vizinha do lado, coitada, que está sozinha enquanto o namorado trabalha. O que seria deste prédio sem mim?

"All your dreams are made of strawberry lemonade and you make sure I eat today"

Tive um belo sonho esta noite. O melhor de todos! Deus, acompanhado por cinco beldades, chega-se ao pé de mim e diz: RS, as tuas preces do dia 3 de Julho de 2009 foram ouvidas!

Frases sonoras

Há frases que surgem do nada. Frases de filmes, livros ou músicas. Acontece-me com frequência. Na semana passada, enquanto passeava, não estava a pensar em ninguém em particular, apenas vagamente nas relações humanas, nas diferentes formas de amar e como magoamos os que nos são mais próximos (porque é o mais fácil!), e esta música, que nem foi das que mais ouvi na adolescência, surgiu. De muitas que conheço e ouvi vezes sem conta ao longo dos anos, eis que esta música, só por causa de uma frase, tocou logo na minha cabeça e depois repetidamente no computador. Até hoje e nos tempos mais próximos seguramente. É de uma banda que, embora tenha ouvido falar dela há treze anos, a propósito de Freak Show, o segundo álbum de estúdio, nunca aconteceu eu ouvir um único trabalho. A frase que me surgiu foi "I love the way you love but I hate the way I´m supposed to love you back" e é da música "Miss You Love", extraída de Neon Ballroom, o terceiro álbum dos Silverchair. Descobri, por acaso, uma actuação da banda em Newcastle, em 2003, e oiço-a sempre que venho à Internet. Divinal a partir dos 2:40!





Millionaire say
Got a big shot deal
And thrown it all away but
But I'm not too sure
How I'm supposed to feel
Or what I'm supposed to say
But I'm not, not sure,
Not too sure how it feels
To handle every day
And I miss you love

Make room for the pray
'Cause I'm coming in
With what I wanna say but
It's gonna hurt
And I love the pain
A breeding ground for hate but...

I'm not, not sure,
Not too sure how it feels
To handle everyday
Like the one that just past
In the crowds of all the people

Remember today
I've no respect for you
And I miss you love
And I miss you love

I love the way you love
But I hate the way
I'm supposed to love you back

It's just a fad
Part of the teen, teenage angst brigade and
I'm not, not sure,
Not too sure how it feels
To handle everyday
Like the one that just past
In the crowds of all the people

Remember today
I've no respect for you
And I miss you love
And I miss you love

Remember today
I've no respect for you
And I miss you love
And I miss you love

I love the way you love
But I hate the way
I'm supposed to love you back

"I´ve been waiting, fading"

Vou revelar algo sobre mim: adoro repartições de finanças! Adoro! Filas e filas de espera para fazer uma pergunta apenas e responderem "Pois, não sei..." Abençoados sejam o leitor de mp3 e a Carta dos Utentes dos Serviços da Administração Fiscal! (É um dos textos mais engraçados que li!) Ah, é verdade! Não sei se já disse, mas adoro repartições de finanças!

"Bámos lá cambada, todos à molhada que isto é futebol total!" III

Que vergonha! A empatar com pretos!

"Bámos lá cambada, todos à molhada que isto é futebol total!" II

Anteontem, na RTP, vi uma coisa hilariante. Vi Linha da Frente, um espaço de reportagem, em que o tema foi futebol feminino. Ai, não me faças rir mais, RS! Pá, não aguento! Essa é boa! Eu avisei que era hilariante! O que se segue? Mulheres astronautas?! Mulheres taxistas?!

"Bámos lá cambada, todos à molhada que isto é futebol total!"

Não pude vir aqui desde sábado, mas é para dizer o seguinte: Confirma-se! A seguir a mim, o Mourinho é o MÁIOR! (Ok, isto foi estúpido! A seguir a mim e ao meu pai, o Mourinho é o MÁIOR! Assim é que está correcto!)

sexta-feira, 21 de maio de 2010

"God shave the King"

Hoje fiz a barba e não me cortei!

0!

É hoje! É hoje! Eu não vou! :)

quinta-feira, 20 de maio de 2010

"Cum on feel the noise"

Não começou ainda o Mundial e já está tudo maluco. Um exemplo disso é a febre em torno das vuvuzelas. Eu não vou aderir a isso. Não após ter sabido, através de um conhecido que trabalha na Galp, que no seu posto e noutros houve quem, por divertimento, tenha roçado o pirilau onde se sopra. Antes de ensurdecerem ou acordarem alguém, é melhor pensarem duas vezes. Quem vos avisa...

"Life´s good" (ou não!)

Não comprem a máquina de lavar roupa LG F1422TD na Media Markt. É 30€ mais cara do que na Worten. Aliás, 50€, pois paga-se a entrega, o que não acontece na última. Os meus pais são burros! Mesmo burros! Cada vez mais tenho a convicção de ter sido adoptado em pequeno.

1!

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Estranho...

Não conheço o trabalho dos Hanson, mas ouvi esta música muitas vezes na adolescência. Hoje acordei com ela na cabeça e ouvi-a vezes sem conta. "O que é estranho?" e "O que é normal?" são perguntas que faço várias vezes e não encontro resposta. Mais perguntas surgem, aliás. Chama-se "Weird" e é do álbum Middle of Nowhere.



Isn't it weird? Isn't it strange?
Even though we're just two strangers on this runaway train
We're both trying to find a place in the sun
We've lived in the shadows, but doesn't everyone?
Isn't it strange how we all get a little bit weird sometimes?
Isn't it hard (so hard) standing in the rain?
You're on the verge of going crazy and your heart's in pain
No one can hear (no one can hear) though you're screaming so loud
You feel like all alone in a faceless crowd
Isn't it strange how we all get a little bit weird sometimes?
Sitting on the side waiting for a sign, hoping that my luck will change
Reaching for a hand that can understand someone who feels the same (someone who feels the same)
When you live in a cookie cutter world being different is a sin.
So you don't stand out (don´t stand out). But you don't fit in. Weird.

Sitting on the side waiting for a sign, hoping that my luck will change
Reaching for a hand that can understand someone who feels the same (feels the same)
When you live in a cookie cutter world if you're different you can't win (different you can´t win)
So you don't stand out (don´t stand out) but you don't fit in
Isn't it strange how we all feel a little bit weird?
Strange, how we all get a little bit...
Strange, how we all get a little bit weird... sometimes
Just a little bit weird sometimes

2!

"Mãe querida, mãe querida..."

As mães são tãaaaaoooooo chatas! Sempre a quererem saber sobre a nossa vida sentimental e a tentarem impingir-nos namoradas (mesmo que já tenhamos quatro!). Da-se!

"Crying over you"

Isto não é normal! Fartei-me de chorar a ver o Achas que sabes dançar? no domingo! Maldito frango!

terça-feira, 18 de maio de 2010

domingo, 16 de maio de 2010

Platão

Daqui a pouco, por volta das 14h, vou infiltrar-me nessa grande festa que é a final da Taça e escolher ao acaso uma família flaviense para conviver. Espero que, além das habituais febras e pataniscas, tenham trazido presunto. Adoro presunto! Se quiserem, apareçam! Em tempos de crise há que saber onde mamar à conta.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

"After taxes"

Os americanos costumam dizer que há duas coisas a que não podemos escapar: morte e impostos. Pelos vistos, Saldanha Sanches vai fugir ao novo aumento de impostos. Sabe-a toda, não fora ele fiscalista.

"Pronúncia do Norte"

Os portuenses estão contentes por o Papa ter ido à sua cidade. Dúvida: mas ele não habita lá? (tan-tarantan-tan-tan)

"Isn´t it ironic, don´t you think?"

Interrompo as minhas férias de luxo na Trafaria para mostrar a minha indignação. Esta semana já vi o Eusébio (a propósito do 32º campeonato do Benfica) e o Papa, mas cadê a Amália?! (Nada de piadinhas que está no Oceanário!) Agora a sério... Tenho andado introspectivo ultimamente. Com muitas dúvidas sobre mim mesmo e o que me rodeia. Creio que já o tenha dito aqui que Deus, se existe, tem um sentido de humor muito esquisito. E isto porquê? Na quarta-feira, recebi um mail do Pascoal a dizer que tinha acordado cedo e já não conseguiu voltar para a cama, porque alguém no seu prédio, antes das 8, pôs-se a martelar. Eu, como é óbvio, tive a mesma atitude que vocês aqui há dias, ou seja, sorri e pensei "Bem feita!". (A mim, por eu ser uma pessoa sem escrúpulos mas, ainda assim, perfeita, pensamentos destes não ficam nada mal! São, aliás, de salutar!) Pois bem, o que acontece no dia seguinte? Acordo às 9 e tal com o barulho de um martelo e berbequim. Já não voltei a dormir. Já o disse e insisto na seguinte teoria: devo ter sido alguém mesmo mau noutra vida. Espero, contudo, receber brevemente uma mensagem do Pascoal a queixar-se que uma loira, com um corpo perfeito, bateu à sua porta às 5 da manhã e perguntou se poderia abusar sexualmente dele. Claro que aí terei o mesmo pensamento de quarta.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Sinais

A vida vai-nos dando, mas decidimos ignorá-los. Porque somos estúpidos. Egoístas. Gananciosos. Porque pensamos que somos superiores. Que só acontece aos outros. Há que saber parar. Dizer não. Os próximos tempos serão meus. Só meus. Vemo-nos por aqui um dia. Pode ser amanhã ou depois de amanhã. Ou daqui a um mês. Não sei. Um dia. Não é o fim, é o princípio. Mais um. Resto de boa semana e bom fim-de-semana!

(Tive conhecimento desta música em 96 ou 97. Foi através de um amigo, o HS, que tinha o álbum Definitely Maybe The Best, trazido da Bósnia, em missão de paz, por aquele que viria a ser o seu cunhado. Nunca encontrei esse álbum, que deve ter sido uma edição especial para certos países. Encontraria esta música algum tempo depois em The Masterplan, uma colectânea de lados B dos Oasis. Grandes canções! Esta é uma delas. Chama-se "Half the World Away", é a faixa 10 e tem sido a minha companhia nos últimos dias.)



I would like to leave this city
This old town don't smell too pretty and
I can feel the warning signs running around my mind
And when I leave this island I'll book myself into a soul asylum
Cos I can feel the warning signs running around my mind

So here I go, I´m still scratching around in the same old hole
My body feels young but my mind is very old
So what do you say?
You can´t give me the dreams that are mine anyway
Half the world away
Half the world away
Half the world away
I´ve been lost, I´ve been found but I don't feel down

And when I leave this planet
You know I'd stay but I just can't stand it and
I can feel the warning signs running around my mind
And if I could leave this spirit
I'd find me a hole and I'll live in it and
I can feel the warning signs running around my mind

Here I go, I´m still scratching around in the same old hole
My body feels young but my mind is very old
So what do you say?
You can´t give me the dreams that are mine anyway
Half the world away
Half the world away
Half the world away
I´ve been lost, I´ve been found but I don't feel down
No, I don't feel down
No, I don't feel down

I don't feel down
I don't feel down
I don't feel down
I don't feel down

terça-feira, 11 de maio de 2010

"If I don´t believe in Jesus, how can I believe the Pope?" II

Obrigado ao Papa Bento XVI por ter vindo a Portugal e por os canais nacionais, à excepção da RTP 2, terem transmitido esse belo momento. Um bem-haja.

"For Martha"

Razões que me fazem não querer vir a ter o que quer que seja com a Marta (a da OK Teleseguros):

1) é uma depravada! Já repararam na forma como ela, no último anúncio, em que está rodeada por seis empregados de um restaurante, olha para eles?;

2) teve um(a) bebé há tempos. E um(a) bebé rouba-nos tempo. (Se ela estiver ainda na amamentação, aí, sim, sou capaz de ter algo com ela!);

3) eu levaria uma abada no bowling. E não há nada pior do que perder com uma mulher!

Por outras palavras: a Marta não é uma MILF! Passo.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Por falar no Pascoal...

Vocês lembram-se de eu, aqui há tempos, ter falado de um passatempo em que iria participar e de haver a possibilidade de alguém viajar comigo até Manhattan? É natural que não, pois não existiu. É mentira. Existiu, existiu. Foi em Março do ano passado e vocês não se lembram porque têm uma memória que não lembra a ninguém. Pois bem, não ganhei. Merda! E eis que o leitor está, neste instante, todo sorridente e a pensar "Bem feita!". Esse sentimento não vos fica nada bem. Adiante... Nunca mais comi cereais. É para eles aprenderem! Comigo não fazem farinha! O Pascoal iria comigo. Mas o desafio não era lançado a raparigas apenas? Sim, era. Mas se vocês o vissem em biquíni... Os vencedores (Palhaços!) foram:

ANA ISABEL OLIVEIRA NUNES - CASTELO BRANCO
FERNANDO PATRÍCIO HORTA - SOBREDA
ANA COSTA - SOBREDA
LUÍSA ROSADA SOUSA - AGUALVA CACÉM
SANDRA CASEIRO SOUSA - SEIXAL

Nada estranho ter havido dois vencedores de Sobreda! Nada mesmo! Espero que tenha estado de chuva durante esses dias e que não tenham saído do hotel.

"Tu querias perceber os pássaros / Voar como o Jardel sobre os centrais / Saber por que dão seda os casulos / Mas isso já eram sonhos a mais"

Dizem que a terceira idade é como a infância. Confirmo! Os meus pais trouxeram bichos-da-seda esta tarde e estão ali feitos parvos a olhar para eles. Como é possível?! São bichos-da-seda! Pá, bichos-da-seda... Espero sinceramente que não alterem o testamento nos próximos dias.

domingo, 9 de maio de 2010

"We are the champions, my friend!"

Domingos, paciência! (Não imaginam o trabalhão que tive para fazer este trocadilho!)

"Mama, I love you!" Not!

Qual é a parte de "Vou para as aulas, mas não arrumes o meu quarto, se faz favor! Eu arrumo amanhã!" que as mães não percebem?!?! Mas irias arrumar o quarto? Isso não interessa, caro leitor! O que importa é que toda a desorganização organizada de vários meses foi-se numa tarde. Pufff! E que a minha mãe não respeitou a minha vontade. Para a próxima, digo-lhe "Não deposites 1000€ na minha conta!" ou "Não me compres um Mercedes SLK!" para ver se pega. Vaca!

"Money makes the world go round!"

Que péssima semana para eu ter ficado pobretanas! Ontem fui para as aulas à chuva e de transportes públicos! Que nodja! Pobri, odeio gentji pobri!

Classificados II

Senhoras e Pascoal, escusam de continuar a enviar os vossos currículos como resposta ao que escrevi no dia 28 de Abril. A minha mãe encontra-se de férias durante duas semanas. Ainda assim, obrigado pelas vossas candidaturas. Nunca se sabe quando poderei vir a precisar delas.

"If I don´t believe in Jesus, how can I believe the Pope?"

Bento XVI vem a Portugal na próxima terça-feira, 11 de Maio, ao fim da tarde. Estou a organizar um comité de boas-vindas a Sua Santidade. Siga atirar preservativos ao Papa? Mas cheios de água benta, claro. Dou muita importância a valores simbólicos. Enquanto não vem, tenho uma sugestão para passar o tempo. Como há muitos peregrinos a deslocarem-se a Fátima (Tansos!), que tal atropelar uns quantos? Grávidas valem dois pontos.

quinta-feira, 6 de maio de 2010

"Oh, it's such a perfect day"... not!

FODA-SE! FODA-SE! FODA-SE! Dos 1170 aos 1055! 115 pontos de queda! Num só dia! FODA-SE! E agora, com licença, vou ali deitar-me, pôr-me em posição fetal e chorar que nem uma Madalena. Aproveito e vou pensar em formas de me suicidar. Aceitam-se sugestões. E das boas, que depois não estou para ficar inválido. (Sim, mais ainda, leitor! Como queira...)

terça-feira, 4 de maio de 2010

"Sitting here by the phone"

Ouvi há pouco, no Trio d´Ataque, que foram arremessados telemóveis no clássico Porto-Benfica. Sabia que adeptos do Porto tinham atirado bolas de golfe e isqueiros, mas telemóveis?!?! Filhos da mãe! É mesmo a gozar com um gajo! Quer dizer, ando eu aqui com um que não dá para discar o 9 nem escrever wxyz e andam estes caramelos a fazer isto?!?! Vão pra wxyz que vos pariu!

"Gas Panic"

Tenho papagaios desde que me conheço. Fez ontem dois anos que tenho um casal de Amazona amazonica e há uma pergunta que, durante este tempo, tem pairado na minha cabeça. 24 sobre 24 horas. Ela é: os papagaios dão bufas? Que cagam, lá isso é verdade, e não é pouco! Mas nunca dei por pantufinhas quando estou com eles. Obrigado a quem souber a resposta.

sábado, 1 de maio de 2010

Notas soltas

Esta semana foi péssima. Começou muito bem e depois foi decrescendo, acabando muito mal. É apenas dinheiro. Ontem à noite, para relaxar, dei por mim a fazer algo que não fazia há muito tempo. Fui para a sala e sentei-me ao piano. Antes de começar a tocar, lembrei-me do primeiro verso desta música, que já não ouvia também há muito tempo. Quando vou para o piano, lembro-me sempre desse verso. A primeira vez que a ouvi foi há muitos anos, na SIC, creio que na primeira edição do programa Chuva de Estrelas. Esse concorrente foi à final, mas seria Sara Tavares a vencedora. Julgo que foi a primeira vez que, embora tratando-se de uma imitação, ouvi Bon Jovi. Foi essa vez ou quando, no sétimo ano, numa viagem de estudo, os colegas da minha turma, divertidos, cantaram "Someday I´ll Be Saturday Night". Desconhecia-a. A música não entrara ainda na minha vida. E longe de mim saber que o cantor americano seria uma das minhas referências musicais. Devo-o à M. A M idolatrava-o e, como qualquer pessoa apaixonada, tentei informar-me o máximo possível sobre ele. Além das músicas, descobriria uma curiosidade: fazer anos no mesmo dia que ele. Fiquei contente por termos algo em comum. E o desejo de querer ser ele. Patético... Mas é bom ser patético! Ficaram as memórias desse tempo e as belas canções do JBJ. Chama-se "Bed of Roses" e é a faixa 5 de Keep the Faith. Bom fim-de-semana e boa semana!



Sitting here wasted and wounded at this old piano
Trying hard to capture the moment this morning I don't know
'Cause a bottle of vodka is still lodged in my head
And some blond gave me nightmares, think that she's still in my bed
As I dream about movies
They won't make of me when I'm dead

With an ironclad fist I wake up and french kiss the morning
While some marching band keeps it's own beat in my head
While we're talking
About all of the things that I long to believe
About love, the truth, what you mean to me and the truth is
Baby you're all that I need

I wanna lay you down in a bed of roses
For tonight I'll sleep on a bed of nails
I wanna be just as close as your Holy Ghost is
And lay you down on a bed of roses

Well I'm so far away the step that I take's on my way home
A king's ransom in dimes I'd give each night
To see through this pay phone
Still I run out of time or it's hard to get through
Till the bird on the wire flies me back to
You I'll just close my eyes, whisper baby blind love is true

I wanna lay you down in a bed of roses
For tonight I'll sleep on a bed of nails
I wanna be just as close as your Holy Ghost is
And lay you down on a bed of roses

Well this hotel bar's hangover whiskey's gone dry
The barkeeper's wig's crooked
And she's giving me the eye
Well I might have said yeah
But I laughed so hard I think I died
Ooh yeah

Now as you close your eyes
Know I'll be thinking about you
While my mistress she calls me to stand in her spotlight again
Tonight I won't be alone
But you know that don't mean I'm not lonely
I've got nothing to prove for it's you that I'd die to defend

I wanna lay you down in a bed of roses
For tonight I'll sleep on a bed of nails
I wanna be just as close as your Holy Ghost is
And lay you down

I wanna lay you down in a bed of roses
For tonight I'll sleep on a bed of nails
I wanna be just as close as your Holy Ghost is
And lay you down on a bed of roses

"Runaway Train"

Vi hoje à tarde, na TVI, o filme Sozinho em Casa 2 - Perdido em Nova Iorque (Home Alone 2: Lost in New York). Desconhecia que já estamos no Natal.