Página inicial | Favoritos | Contacto | Twitter (não ligo lá muito a isto!)| Facebook (não ligo pevas a isto!)| Myspace (surpresa, surpresa! Também não ligo pevas a isto!)

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Vi-me grego esta noite!

Hoje acordei mal-disposto. Tudo por causa de um pesadelo! Raramente - mesmo muito raramente - consigo lembrar-me do que sonhei, mas hoje sonhei que o Benfica, nove anos e dois dias depois do jogo em Vigo, tinha tido mais um péssimo desempenho, desta vez face ao Olympiakos, para as competições europeias, perdendo por 5-1. Que disparate! Como se tal fosse possível!? Ah, os meus sonhos estão cada vez mais bizarros!

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Dúvida constante

Vi, há instantes, na RTP1, Especial Informação, em que Vítor Constâncio, o governador do Banco de Portugal, foi o entrevistado de Judite de Sousa. Segunda dúvida do dia: o homem é incompetente ou está lá por já ter sido secretário-geral do PS?

Obrigado.

Quilos e quilos de prazer!

Ontem, ao ver a rubrica "TUmba! Momentos de Relativa Boa Disposição" do Zé Carlos, que falou do saudoso programa Muita Lôco, recordei o símbolo sexual da minha juventude e do quão feliz eu fui. E ontem à noite, antes de dormir e enquanto dormia, bem como hoje de manhã, quando acordei, também fui muito feliz (qual tusa do mijo, qual quê!?). Já perceberam que eu, tal como muitos de vós, idolatrava José Figueiras. Na, é mentira, o meu pai é que gosta(va) de tirolês e homens de saia! Eu gostava, claramente, da Paulina. E eis-me a perguntar: quem mais teve fantasias com ela? Agora já não tenho, pois já não tem tanta chicha (era tão boua! boua! boua! Agora, coitada, é o que é!), mas digam de vossa justiça. Ah, Paulina, Paulina...

sábado, 22 de novembro de 2008

Pqp!

"A morte é uma puta." ("Death is just another whore.") (Ernest Hemingway)

E das caras, ó Ernesto! E das caras!

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Mau jornalismo!

Acabo de folhear a revista Ler do mês de Novembro, que tem como figura central Miguel Esteves Cardoso. É um MEC mais rechonchudo, mais calmo, mas, ainda assim, inquietante. Entre muitas coisas, diz "o meu mal é ter uma curiosidade de puta" (avó, não fui eu quem disse, foi ele, atenção!) e gostar de Agustina (não de José Saramago nem de António Lobo Antunes, sendo este, e passo a citar, "torrencial", mas respeita-os por viverem em função da escrita). É uma boa entrevista, mas incompleta, a meu ver. Faltou o entrevistador, Carlos Vaz Marques, fazer A pergunta. Ela é: ainda fazes aquela coisa esquisita com a língua, tal como um sapo faz para apanhar uma mosca, pá?

domingo, 16 de novembro de 2008

Lucy não sabe nadá!

Black Company no Programa da Lucy! Respect! (Ou "Peace!". Confundo-os sempre.)

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

O mundo vai acabar!

Cansado, chego a casa. Nada soube do que se passou no mundo nas últimas vinte e quatro horas. Ligo a televisão e sintonizo na SIC Notícias. A minha alma está parva! É uma da manhã e a Assembleia está aberta. Motivo? Caso BPN, em que Constâncio está a explicar a supervisão ao banco. É o fim do mundo, meus senhores e minhas senhoras! É o fim do mundo!

sábado, 8 de novembro de 2008

Rebéu-béu, pardais ao ninho

Acabo de saber que Milú morreu na quarta-feira, dia 5 de Novembro. Pobre Tintin! Deve estar desolado! Ah, esperem! Dizem-me agora que se trata de uma artista portuguesa. Bem sei que é importante um nome artístico, mas quem é que se lembra de ter um idêntico ao de um canídeo? Impressionante o que fazem para vingar no showbiz!

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Cair em saco roto

O advogado de Fátima Felgueiras, Artur Marques, disse hoje, após o julgamento do caso “saco azul”, que a sentença do Tribunal local “limpa completamente a imagem de corrupta que quiseram colar à autarca”. Pois, limpezas há muitas lá por Felgueiras. Tumba! Duas “piadas” políticas num só dia! E isto num dia em que Pedro Santana Lopes diz estar disponível para ser candidato do PSD à Câmara Municipal de Lisboa. Portugau, eu tji amo, po! ¡Verdad!

Heil, filha!

Soube que Manuel Monteiro se demitiu do Partido Nova Democracia para poder dedicar-se à corrida parlamentar por Braga. Soube então da existência de mais um partido no panorama político português. E soube, por último, que o antigo líder e fundador do PND pondera extinguir o partido. Peço para que não o faça. Aliás, pedimos todos! Não após o que aconteceu anteontem, quando um deputado seu madeirense, José Manuel Coelho, apareceu no Parlamento Regional com uma bandeira nazi. Isso levou, por parte da Assembleia da Madeira, ao levantamento da imunidade política do deputado e à sua suspensão, o que é ilegal. Já que não tenho o contacto do meu caro MM, enchamos, portanto, a caixa de correio do Sr. do Bolo (belem@presidencia.pt) para intervir. Já! Relembro que o madeirense já havia feito acto semelhante, mas com um relógio de cozinha (bem giro, por sinal, que daria jeito cá em casa). Precisamos de palha... deputados como este. Espero que acções destas virem moda no continente. Por que não começar com um espanador? Ou um bidé. (Sempre quis escrever um post a conter esta palavra! Custou, mas foi.) Fica aqui mais um apelo.

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Muuuuuuuuuu!

Os tempos são de crise ("vacas magras", como se costuma dizer) e eu não fujo à regra. Isto reflecte-se neste espaço. Como sabem, este é o único espaço que se pode orgulhar de, por cada visita, oferecer douradinhos do Capitão Iglo. Infelizmente, tal não será possível doravante. Terei de fazer contenção de custos. Nem para oferecer uma carcacinha eu tenho dinheiro. Melhores tempos virão, assim esperamos. Há-de vir o dia em que este espaço poderá voltar a dar uma refeição de luxo, com douradinhos do Capitão Iglo e um arroz doce da Avó Filó. Ah, e uma Gorila por causa do bafo.

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Ontem fiz chichi na cama!

Agora que tenho a vossa atenção, venho fazer um apelo importante. Caros leitores, como sabeis, amanhã é dia de eleições nos EUA e venho aqui pedir-vos para se deslocarem às urnas. Bem sei que é ilegal fazer propaganda política um dia antes do acto eleitoral, mas que se lixe. Os tempos são de mudança! Vejamos as diferenças entre os dois candidatos.

- Barack Obama

cool. É o que a malta jovem chama "boa onda";

*Acusado de ser politicamente inexperiente. Contudo, não creio que o seja e, caso fosse, até veria isso como algo positivo;

*Deve conhecer todos os rappers e deve conseguir orientar gajas boas aqui à malta.

- John McCain

*Sempre que o vejo, lembro-me d´Os Marretas. E isso é bom, porque eu gostava muito deles;

*Tem uma coisa que eu gosto: Sarah Palin. Gosto por duas razões. A primeira é por ser mulher. Tem aquele ar executivo e faz-me apelar a um lado maroto. Ela com aquele ar de executiva ou mesmo de professora e eu, indefeso, a ter que obedecer às suas ordens de teor sexual. A segunda é: consegue ser tão ou mais bronca que George W. Bush. Pensávamos todos ser impensável, mas esta senhora consegue dizer com cada uma. E isso é bom. A nível humorístico, é muito bom.

*Sejamos sinceros: McCain é velhote. Tem setenta e dois e há quem diga que, no caso de ganhar, possa não vir a cumprir o seu primeiro mandato. Se tal acontecer, assume o cargo presidencial a vice-presidente. Se é bom ou mau, com essa é que me lixam. Para presidente dos EUA, prefiro, sem dúvida, Alexandra Lencastre (esta é que é mesmo boua! boua! boua!).

*Há uma coisa que odeio em McCain e é com base nisto que considero o outro candidato melhor: não é cool. Tem alguma simpatia junto do povo americano, sim, por ser um herói de guerra, mas candidato que é candidato tem de saber "dar cá mais cinco" (o tal high five) e nisso John McCain falha.

Logo, portugueses e portuguesas, amanhã, não votem em branco. Votemos todos em Obama. Por um mundo melhor!

sábado, 1 de novembro de 2008

Adivinha desportiva

Sim, mais uma aqui do ich! O que é que acontece quando um dos três grandes defronta o Paços de Ferreira?

Fica com bicho-carpinteiro. (tan-tarantan-tan-tan)