Página inicial | Favoritos | Contacto | Twitter (não ligo lá muito a isto!)| Facebook (não ligo pevas a isto!)| Myspace (surpresa, surpresa! Também não ligo pevas a isto!)

terça-feira, 17 de junho de 2008

"Até a barraca abana" - parte II

Recebi várias mensagens de pessoas a tentarem saber a intensidade do sismo de anteontem à noite. Engraçadinhos... O respeitinho ainda é uma coisa bonita! Estão a falar dos meus pais e eu não admito faltas de respeito. Ouviram?!?! Não falarei, como é de calcular, da vida deles! Nem ouso pensar! O que posso dizer é que a minha mãe é uma pessoa de bem e muito católica. Como é que sei isto? Porque pude ouvi-la, nessa noite, dizer várias vezes "Ai, meu Deus! Aiiiiiiii, meu Deus!".

2 comentários:

Nuno disse...

Fraquinha... A tua mãe, claro...

Cusquinha endiabrada disse...

"até a barraca abana"

E se abanou ... xiççça!!! estava eu tão calminha, o que como sabes é raro, 5 andares abaixo do teu e levei com um caco de cerâmina num olho (não, por acaso só não foi nesse porque estava virado a nascente e os "estilhaços" vinham de poente) mas o dito ficou tão negro que só hoje, 2 meses depois, me é possível usá-lo :))