Página inicial | Favoritos | Contacto | Twitter (não ligo lá muito a isto!)| Facebook (não ligo pevas a isto!)| Myspace (surpresa, surpresa! Também não ligo pevas a isto!)

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Postada para irritar ligeiramente um comuna

Acompanhei, com muita atenção, o XVIII Congresso do Partido Comunista Português enquanto fazia a depilação das narinas. Ora diziam "O PCP isto... o PCP aquilo", ora "O Governo isto... o Governo aquilo". Nada de novo, portantos. Jerónimo foi reeleito, Álvaro Cunhal recordado. Ah, grande Álvaro Cunhal! Dificilmente haverá na política alguém como ele, com aquelas sobrancelhas! Ah, aquelas sobrancelhas... E o Comité Central foi reduzido. Pergunta: é ou não irónico, sendo o PCP um partido crítico do governo e da sua política de empregabilidade, dispensar dezasseis membros, passando de cento e setenta e quatro para cento e cinquenta e oito? Ui, ainda assim, é muito tacho em tempos de crise!



P.S. O Lénine gostava de usar cinto de ligas. Vermelho, lá está!

Nenhum comentário: